Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

• Ana Cláudia •

you are already that person; you just have to put yourself in that place ♡

26
Abr20

Como tenho gerido a minha sanidade mental 🌞

Ana ✰

Topo

 

O isolamento social é uma estratégia para a contenção da propagação da COVID-19. Para muitos, não é fácil permanecer em casa e acabam por sentir dificuldade em gerir toda uma mistura de sentimentos.

Uma coisa é certa: o isolamento social não dura para sempre. Primeiro, gostava de chamar a vossa atenção para o seguinte: Há muitas pessoas (talvez alguém que me leia seja uma delas, mas senão for o caso, muito certamente que conhece alguém) que não têm um lugar seguro para estar ou que a casa, não seja um lugar seguro. À parte do vírus, sofrem de outras doenças, crises, abusos. O mesmo para todos os profissionais que TODOS os dias arriscam as suas vidas para fazerem os seus trabalhos. Não só os profissionais de saúde, mas tantas e tantas profissões que, no final do turno, regressam, a medo de estar infetado e infetar.

Hoje, trago a minha própria experiência e vou falar-vos sobre como tenho mantido o meu espírito, também muitas dicas, e coisas que me têm ajudado a manter-me positiva e, de certa forma, a sanidade mental.

 

🌈🌈🌈

 

👉🏼 ROTINA

Criar e manter uma rotina, a minha rotina, tem-me ajudado a ser produtiva, focada e em resultado, feliz. É muito fácil descoordenar a rotina dos sonos. Tenho feito o máximo para me deitar sempre pela mesma hora e acordar também pela mesma hora. Muitos de vós têm o #EstudoEmCasa, outros estão em teletrabalho. Os restantes, criem a vossa própria rotina e descansem.

 

 

👉🏼 ESTABELECER OBJETIVOS

Não é a primeira vez que falo aqui sobre a importância dos objetivos. Uma vez em casa, ficar de pijama o dia todo é tão fácil e consegue (quase) virar norma. Nesta altura, gosto de criar metas semanais, mantêm-me motivada e inspirada. O meu conselho para vocês (especialmente se estão à muito tempo parados) é definir um objetivo, por mais pequeno que seja, e conquistá-lo até ao final da semana. Portanto... Qual é o teu objetivo para esta semana?

 

1

 

👉🏼 COMUNICAR

Somos seres sociais. É difícil (especialmente se vives sozinho) ficar isolado por longos períodos de tempo. Parte da nossa felicidade e saúde assenta na comunicação. Adaptei-me a esta nova situação e falar com os meus familiares e amigos, seja pelo telefone ou videochamada, todos os dias. Claro que depende de pessoa para pessoa, mas deixar os dias passar, sem falar, só vai isolar-te ainda mais e prejudicar-te. Outra ideia é fazerem atividades juntos, como exercício, dançar ou cozinhar.

 

 

👉🏼 EXERCÍCIO FÍSICO

Eu não sou uma pessoa de ginásios, nunca fui, portanto não foi difícil para mim encontrar motivação (extra) para uma rotina diária física. Para mim, o exercício sempre foi uma prioridade. Antes da pandemia, era uma pessoa bastante ativa fora de casa, pelo que tive de adaptar à nova realidade. Mesmo quando o Estado de Emergência passar, a vida não vai ser a mesma.

Desde que estou em casa, faço mais vezes exercício e, em alguns dias, rotinas mais longas. Tenho focado também nos alongamentos, yoga e pilates. Para além de me sentir sempre 1000x melhor depois do exercício, é saudável e fit. Ocasionalmente dou também uma breve caminhada junto da minha residência. Estabelecer objetivos semanais e transformá-los em rotina é importante. Por exemplo: Esta semana trabalha os braços, costas e abdominais. Se morares numa casa com jardim, aproveita-o ao máximo. Senão, mais do que nunca, o teu quarto, a sala, o escritório, são sítios onde podes fazer exercício. Mesmo que seja apenas meia hora, é bom e vai mudar o teu estado mental e dar-te mais energia! Mexe o teu corpo.

 

2

 

 

👉🏼 ALIMENTAÇÃO

Costumo dizer que ter uma relação saudável com a alimentação é SUPER importante. A comida não é o inimigo. Temos que ver a alimentação como uma forma de sustentabilidade dos nossos corpos a longo prazo. Cada vez que tomamos uma refeição, é uma oportunidade de nutrir o corpo. Vivemos numa sociedade onde a dieta torna-se predominante, sem esquecer que precisamos de toda a nutrição.

Tenho focado a minha alimentação em refeições melhores, mais saudáveis e sustentáveis. Incluir mais fruta e vegetais (muito mais) e minimizar os alimentos processados e refinados. Consumir alimentos que trazem muita energia ao nosso corpo. Beber água em casa também tem sido um desafio, mas é necessário, mais do que nunca, talvez, manter o corpo hidratado.

Mas eu também sou humana e, por isso, também frito batatas fritas em minha casa, faço torradas, e como chocolate. Gosto de cozinhar e tenho feito variadas sobremesas - cá por casa adoram. Penso ter encontrado o meu balanço entre nutrir o corpo e a alma (sem culpas).

 

 

👉🏼 GRATIDÃO

Todos os dias, relembrar e agradecer o quanto abençoada sou, faz-me sempre colocar toda a situação numa nova perspetiva. Começar, lentamente a planear o futuro, o que queremos, o que é realmente importante, por que, como já tinha mencionado em cima, nada vai ser igual daqui para a frente. Gratitude. Também não tomar nada como garantido. Ir dar um passeio pela natureza, ir à praia, estar com a minha família e amigos, são definitivamente coisas que irei apreciar MUITO mais a partir de agora.

 

3

 

 

👉🏼 EXTRA SELF CARE

Uma das minhas prioridades tem sido cuidar de mim e dar um mimo extra. Este tempo de quarentena mexe muito comigo, acredito que com vocês também, portanto apostem num momento sem stress. De forma a abstrair-me um bocadinho de tudo isto, fazer máscaras faciais, banhos de imersão (com muita espuma), ler um livro, ver filmes e séries, escrever bastante, yoga ao final da noite, são alguns exemplos que tenho feito.

 

 

👉🏼 CRIATIVIDADE

Por último, a criatividade que gira em volta de todos os temas que referi. Em tempos de isolamento, inspiro-me numa receita e crio uma totalmente nova com os ingredientes que tenho em casa. Saio da minha zona de conforto para tornar a hora das refeições mais divertidas. Uso a minha imaginação para tirar fotografias dentro de casa. Organizo e re-decoro a minha casa.

Seria muito mais fácil ficar sentada no sofá o dia todo, mas temos que ter FORÇA para superar todo esse sentimento. Angústia, ansiedade, preocupação, incerteza, solidão, zanga, são apenas alguns exemplos. Faz o que gostas. Não apresses as limpezas de primavera e organizações, faz com calma. Pinta, desenha, escreve uma música, aprende a tocar um novo instrumento.

 

4

 

 

Muito obrigado por terem lido! Espero que vos tenha inspirado e ajudado. Tenho muita esperança que toda esta situação nos torne indivíduos mais gentis. Acredito que juntos, vamos conseguir ultrapassar tudo ❤️

20 Filmes para ver esta quarentena

Sintam-se sortudos. E, apesar da atual situação, gratos 🙏

 

 

um beijinho,

Ana.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

A BLOGGER

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

STAY STRONG

Mensagens

Sobre mim

foto do autor